Entrevista da Semana | Jogador de Futebol Natan Alavarenga

0 comentários

Estamos de volta com o quadro "Entrevista da Semana" e o nosso bate-papo é com o jovem Natan Alvarenga, natural da cidade de Marcelino Vieira/RN. Jogador de Futebol Profissional, Natan vem se destacando no Rio de Janeiro, onde reside atualmente. O jovem já passou por vários clubes em diversos Estados no Brasil e também já jogou no exterior em clubes de Portugal e da Espanha, na Europa. Do Alto Oeste Potiguar, Natan é um exemplo de que devemos lutar pelos nossos sonhos. Sem dúvidas uma grande promessa do esporte!

ENTREVISTA 

Nome: Natan Augusto Alvarenga Costa

Idade: 25 Anos 

Cidade:  Marcelino Vieira/RN

Profissão: Jogador de Futebol

Redes Sociais:
Facebook – Natan Costa 
Instagram – @N20natan 

Quando foi que você percebeu que tinha o dom para o futebol?
Eu comecei a jogar futebol muito cedo com meus amigos e primos, até que comecei a disputar campeonatos regionais e fui me destacando, aí as pessoas falavam pra eu investir nisso, e eu mergulhei de cabeça.

Quando você era criança, jogar futebol era seu sonho para o futuro?
Sim! Sempre foi meu sonho, desde pequeno eu falava que queria ser jogador de futebol. Era até inusitado.

Conte-nos detalhes do início de sua carreira. Onde e quando você começou a jogar profissionalmente?
Comecei a jogar futebol mais sério na escola, disputava campeonatos municipais, regionais e também estaduais, depois me mudei para o Rio de Janeiro e aos 18 anos me tornei jogador profissional pela equipe do Teresópolis, uma equipe pequena do estado do RJ.

Quando você decidiu jogar profissionalmente, qual foi à reação de sua família?
Foi um misto de sensações, uns apoiavam e a maioria falava que era loucura, e na verdade era mesmo, pois como um garoto do interior, de uma cidade com pouco mais de 8 mil habitantes, sem recursos e conhecimento se tornaria um jogador de futebol profissional? Parecia loucura mesmo.



Quais foram às principais dificuldades que você enfrentou ou ainda enfrenta nesse meio?
Olha, as dificuldades são muitas, desde recursos no começo da carreira, como também de viver sozinho no mundo do futebol, sempre longe da família e dos amigos, ficar fora de casa em datas comemorativas, é muito duro pra mim que sou muito apegado a minha família. Quem está de fora acha que é só você jogar e tudo certo, mas envolve bem mais que isso, é um mundo muito difícil.

Em algum momento da vida você teve dúvidas sobre a profissão, que tenha feito você pensar em desistir?
Sim! Diversas vezes eu pensei em desistir, jogar tudo pro alto e fazer outra coisa da vida, mas só quem convive no dia a dia sabe o quanto é difícil tomar essa decisão, é como você deixar toda uma vida pra trás e recomeçar do zero.

Atualmente você mora no Rio de Janeiro, mas já defendeu clubes de vários Estados do país e do exterior com passagens por Portugal e Espanha, na Europa. Qual a sensação de jogar futebol fora do Brasil? 
É uma sensação incrível, você conhece novas culturas, aprende a ser uma pessoa melhor, é algo que só você vivenciando para saber, são momentos especiais.


Qual a rotina da sua profissão? Como faz para se dividir entre a família, amigos e o trabalho?
A rotina do Atleta não é simples, muita das vezes você deixa de sair, curtir com seus amigos pelo fato de ter jogo no dia seguinte e tem que descansar, o tempo que temos, só queremos aproveitar e estar com a família e amigos.

Já passou por algum vexame ou alguma situação inusitada durante os jogos? 
Sim! Quando eu joguei na Espanha, no início eu sofria bastante por não entender o idioma, sempre ficava meio atrapalhado pra entender algumas coisas, rsrs, depois aprendi o idioma e ai tudo melhorou.

Você se inspira em algum atleta?  Qual?
Na verdade, eu tenho duas referências, sou fã incondicional do Messi, acho o melhor do mundo, mas não posso deixar de me espelhar no Cristiano Ronaldo, um cara que trabalha para sempre melhorar, independente da idade, é uma máquina como atleta.

Que conselho você dá para quem deseja ser um jogador de futebol profissional?
O conselho que eu deixo é que tem que ter cabeça no lugar, saber o que quer e correr atrás, as coisas acontecem muito rápido na vida de um atleta e temos que estar preparados. Foco, perseverança e muita fé em Deus.

Além de jogador, atua em outra área?
Atualmente faço faculdade de Educação Física, é uma área que me identifico bastante e está diretamente ligada ao futebol.

Alguns ícones do futebol enveredaram pela carreira na televisão, cinema e teatro. Já fez algum trabalho na área ou pretende seguir esses passos?
Já sim, quando cheguei no Rio eu cheguei a fazer fotos, sai em revistas, mas depois larguei por conta do futebol, é uma área que eu gosto também, gosto de fotos e diria que poderia voltar a trabalhar com isso.

O que o sucesso significa para você?
Sucesso pra mim é você conseguir seus objetivos com o suor do seu trabalho, saber que tudo que você conseguiu é por mérito do seu esforço e dedicação. Automaticamente as coisas vão acontecer, mas cedo ou mais tarde elas acontecem.

Você aparenta ser bastante vaidoso, quais seus cuidados com a beleza?
Olha, acho que o cuidado que todos temos, gosto de me vestir bem, andar sempre cheiroso, fora isso nada de muito diferente rsrs.

Muitas das pessoas andam se tornando famosas por causa da Internet e redes sociais, na sua carreira qual o impacto disso?
A mídia hoje em dia te deixa famoso da noite pro dia, como também pode te derrubar na mesma velocidade, acho que quando você chega ao patamar de um jogador muito reconhecido, tem que saber que outras pessoas se inspiram em você e que tem você como referencia, então tem que ter um cuidado com a sua imagem.

Como é que você gostaria de estar em sua carreira profissional daqui a alguns anos?
Eu gostaria de estar jogando em um clube de maior expressão, ter o reconhecimento profissional que eu sempre sonhei e continuar jogando meu futebol e sendo feliz.

JOGO RÁPIDO


Você por você mesmo: Um Jovem sonhador, com vontade de vencer,crescer e evoluir como pessoa.

Nas horas vagas: Eu amo curtir uma  praia , meu lugar preferido.

Uma lembrança: Primeiro jogo como profissional.

Uma qualidade: Gosto de ajudar as pessoas, independente da situação, seja com uma palavra  ou que seja.

Um defeito: Acreditar demais nas pessoas.



Superstição: Jogar com a Mesma Sunga.

Hobby: Gosto muito de fazer trilhas, fotos, sou meio aventureiro.

Trilha Sonora: Inspiração: Muleque de Vila ( Projota).

Um momento histórico e marcante: Primeira vez que minha família foi me ver no Estadio.

Assunto que te interessa: Esportes, viagens.

Não vivo sem: Deus e minha família.

Deus: Tudo pra mim.

Fama: Consequência.

Família: Base de Tudo.

Amigos: Sempre que posso gosto de estar com eles, na bagunça de sempre.

Sonho: Construir minha família.

O que te faz feliz: Estar reunido com minha família e amigos.

O que te deixa chateado: Duvidar de mim.

Um recado para Clístenes Carlos: Desejo muito sucesso, tenho certeza que você tem um grande caminho pela frente. Forte abraco.

Um recado para os leitores: Independente do que as pessoas vão falar, não desista dos seus sonhos.

Fãs: Agradeço por todo carinho que tem por mim.

Uma frase: Se Deus disse que eu posso, então eu posso. 



Compartilhe:

Postar um comentário