Gincana solidária movimenta recepção dos novos estudantes da Ufersa Pau dos Ferros/RN

0 comentários
Estudantes do curso de Arquitetura apresentam peça na programação de recepção aos novos estudantes
Estudantes do curso de Arquitetura apresentam peça na programação de recepção aos novos estudantes

Os novos estudantes dos cursos de graduação do campus da Ufersa Pau dos Ferros foram recepcionados na noite desta quarta-feira, dia 25, com a apresentação da aula magna pelo Reitor José de Arimatea de Matos. As aulas começaram na última segunda-feira, dia 23, e, com o auditório lotado, os novatos conheceram um pouco mais sobre a Universidade Federal Rural do Semi-Árido.

O evento foi oficialmente aberto com a composição da mesa, composta também pelo diretor do campus, professor Alexsandro Pereira, e a coordenadora de extensão, pedagoga Hortência Pessoa. O diretor ressaltou a importância da vivência na Universidade para o crescimento pessoal dos estudantes. “Aproveitem bastante todas as oportunidades que a Universidasde oferece a vocês porque esse tempo passa muito rápido”, aconselhou.

O campus de Pau dos Ferros, é a unidade mais nova da Ufersa fora da sede e, hoje, já conta com aproximadamente mil estudantes matriculados nos cursos Arquitetura e Urbanismo, Ciência e Tecnologia, Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia Civil, Engenharia de Computação, Engenharia de Software e Tecnologia da Informação. Somente para este semestre, além dos estudantes oriundos da cidade e da região, a Ufersa Pau dos Ferros recebe também pernambucanos, baianos, piauienses, paraenses, paulistas e de Rondônia.

As atividades no campus já começaram intensas. O setor de serviço social anunciou os vencedores e expôs o balanço dos três dias da Gincana Solidária, que arrecadou 625 quilos de alimentos que serão doados a uma instituição de caridade e ainda a coleta de 30 doações de sangue. Para finalizar a programação da noite, um grupo de teatro com estudantes do curso de Arquitetura arrancou gargalhadas da plateia com a peça “Verdades que eu gostaria de saber quando eu fui calouro”.


Compartilhe:

Postar um comentário