Mesmo diante de nova queda do FPM, gestão trabalha para honrar compromissos

0 comentários
O município de Pau dos Ferros foi surpreendido, nesta semana, com a nova
cota do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) zerada. A segunda parcela deste mês de janeiro, referente a um valor líquido de R$ 152.108,55, foi retida para pagamento de obrigações previdenciárias, a exemplo da cota anterior, que não cobriu a dívida com o INSS.

De acordo com a secretária de Finanças, Kaline Keile, esse seria o saldo que a prefeitura teria à disposição caso não fosse preciso repassar à Previdência, pois já estão descontados os 25% da Educação (R$ 47.533,91), 15% da Saúde (R$ 35.650,43), além de R$ 2.776,69 da retenção normal do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP) – todos constitucionais.

Somando-se as duas primeiras parcelas do FPM em 2016, o Executivo pau-ferrense teve uma significativa diminuição de valores. Só no primeiro repasse a redução foi de 32% quando comparado ao mesmo período de 2015, enquanto a nova cota representa 20% a menos em relação ao segundo decênio de janeiro do ano passado.

Apesar da realidade financeira desfavorável, Kaline revelou que a gestão “continua comprometida em honrar com os compromissos”. E, um claro exemplo dos esforços empreendidos pelo governo do prefeito Fabrício Torquato é o pagamento em dia do funcionalismo municipal.



Compartilhe:

Postar um comentário