Cuidado com as pessoas é assunto central da V Conferência Municipal de Saúde de Pau dos Ferros

0 comentários

Aconteceu no último fim de semana, a V Conferência Municipal de Saúde de Pau dos Ferros. Evento organizado pela Secretaria de Saúde (SESAU) do município em parceria com o Conselho Municipal de Saúde, a oportunidade contou com a presença de autoridades, conselheiros, profissionais da área e sociedade civil.

A abertura da conferência foi realizada na noite da sexta-feira, 3, no auditório da VI Unidade Regional de Saúde Pública (VI URSAP). Após a apresentação do coral do Centro de Assistência Psicossocial II (CAPS II), “Musicando no Caps”, uma palestra sobre o Sistema Único de Saúde (SUS) marcou a ocasião. Ela foi ministrada pela Profª. Drª. Ana Tânia Lopes Sampaio, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Já no sábado, 4, o evento teve continuidade com o painel “Diagnóstico de saúde de Pau dos Ferros e necessidades de saúde da população”, grupos de trabalho e eleição dos delegados para a conferência estadual.

A V Conferência Municipal de Saúde de Pau dos Ferros tratou do tema “Saúde Pública de Qualidade para Cuidar Bem das Pessoas: Direito do Povo Brasileiro”. “Essa temática não poderia ser mais atual. Ela diz exatamente o que a gestão ‘Mais Trabalho, Mais Compromisso’ vem pondo em prática na saúde pública deste município, que é cuidar bem das pessoas. Estamos construindo um novo olhar sobre o modelo de atenção, considerando a pessoa no seu ambiente social, econômico, cultural e físico”, afirmou a secretária Patrícia Leite, a qual ainda lembrou as muitas ações do governo municipal na área da saúde.

O prefeito Fabrício Torquato prestigiou a solenidade de abertura da conferência e avaliou: “É uma excelente oportunidade não só para técnicos da gestão, mas para toda a sociedade contribuir com ideias, direcionamentos para que gente possa ter dessa conferência um documento que norteie os planos e as ações de que precisamos principalmente para os próximos quatro anos.” Em seu discurso, o gestor ainda garantiu para este semestre o avanço na discussão do plano de carreira dos profissionais da saúde do município.

Direito à saúde, participação social, valorização do trabalho da educação em saúde, financiamento do SUS e a relação “público e privado”, gestão do SUS nos poderes de atenção à saúde e reformas populares e democráticas do Estado brasileiro foram alguns dos assuntos abordados no encontro.






Compartilhe:

Postar um comentário