Alteração de lei pretende garantir aumento salarial para enfermeiros do município

0 comentários

Na tarde desta terça-feira, 14, a secretária de Saúde de Pau dos Ferros, Patrícia Leite, esteve reunida com enfermeiros lotados no município para tratar do aumento salarial da categoria.

“Nossa pretensão é garantir um teto salarial padrão para os profissionais de nível superior da equipe mínima da Estratégia Saúde da Família [médicos, odontólogos e enfermeiros]”, afirmou Patrícia, que apresentou a Lei n° 1015, de 21 de março de 2006, aos presentes.

De acordo com a lei citada, sancionada na gestão anterior, os vencimentos de médicos e odontólogos deveriam equivaler a três salários mínimos vigentes no país. No entanto, segundo a titular da pasta da Saúde municipal, além de não ter sido cumprido – nem no concurso público de 2008 –, o documento ainda excluiu os enfermeiros.

“Hoje mesmo foi divulgada uma retificação do edital do nosso concurso já com as alterações salariais de médicos e odontólogos. E, logo após a efetivação do certame, enviaremos à Câmara Municipal um projeto que altera a Lei n° 1015, beneficiando também os nossos enfermeiros”, esclareceu Patrícia Leite.

Segundo a secretária, o município dará um aumento de R$ 989,00 aos servidores, o que corresponde a 72%. Um enfermeiro, por exemplo, deixará de ganhar R$ 1.375,00 por mês para ter um salário base de R$ 2.364,00, acrescido de gratificações e adicionais.

“Nós agradecemos. A gente vinha com as lutas não atrás de um bem pessoal, mas de um bem para a classe, porque nos sentíamos injustiçados. Então, com uma notícia dessa a gente sente uma valorização, um olhar diferenciado para gente”, disse a enfermeira Cida Rêgo.

Para Patrícia, que também falou em nome do prefeito Fabrício Torquato, a gestão trabalha acima de tudo no intuito da transparência e da união. E um dos caminhos deve ser a motivação dos profissionais.
Compartilhe:

Postar um comentário