Pau dos Ferros recebeu ações de educação no trãnsito

0 comentários
A cidade de Pau dos Ferros recebeu durante toda esta semana a equipe de técnicos da Subcoordenadoria de Educação de Trânsito do Detran/RN, que realizaram diversas ações educativas nas escolas públicas do município. O trabalho foi focado na realização de palestras e na apresentação de um teatro pedagógico encenado por três atores, onde foram apresentadas diversas situações que fortalecem a consciência e a necessidade do cidadão respeitar as regras de trânsito.

Na quinta-feira (21), o trabalho pedagógico aconteceu na Escola Estadual Tarcísio Maia e no Colégio Rotary. Nessas unidades os alunos foram divididos por idades, sendo que os maiores foram orientados com a palestra abordando o tema Motocicletas, onde foram apresentados os riscos e as responsabilidades de conduzir esse tipo de veículo sem observar as regras de segurança e a legislação. Já para os estudantes em idade escolar infantil foi exibida a peça “A Rua é de Todos Nós”, interpretada pelos personagens Senhora Lombada, Senhor Gentileza e o Atropelo.

Na noite da quarta-feira (20), a ação alcançou 200 estudantes matriculados na Escola Estadual Professora Maria Edilma de Freitas. Foram ministradas palestras de sensibilização e conscientização de trânsito, operação lei seca e sobre as responsabilidades de ser um motocondutor. O momento foi encerrado com a Trupe de Teatro do Detran/RN, que encenou
situações rotineiras que ocorrem no tráfego de todas as cidades brasileiras, dando ênfase as mensagens de manter uma velocidade prudente e de ensinar e seguir as normas do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Outro trabalho importante desenvolvidos na cidade pelos técnicos do Detran/RN em parceria com os policiais militares da Companhia de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE) foi no tocante a ouvir a sociedade quanto a necessidade de sinalização em alguns pontos, como também a identificação de locais estratégicos para realização de futuras ações de fiscalização de trânsito, principalmente as direcionadas aos motociclistas, que são as maiores vítimas de acidentes nas cidades do interior do RN.

“Tivemos o cuidado de levar informações de segurança para a categoria de motocondutor, que nessas cidades são em boa parte jovens, que muitas vezes trafegam sem CNH”, acrescentou a subcoordenadora de Educação de Trânsito do Órgão, Ligia Fagundes.


Compartilhe:

Postar um comentário